Redução de gordura localizada com enzimas

Por Dra. Gabriela Rodrigues – março de 2017

A Lipo Enzimática é um tratamento que ganhou notoriedade a partir dos anos 2000 devido à possibilidade de reduzir gordura localizada de modo simples e não cirúrgico através de sessões de aplicação de enzimas lipolíticas no local a ser tratado. De lá para cá muitos estudos foram publicados sobre essa técnica mostrando seus resultados, eficácia e segurança [1-4], trazendo confiança e novos adeptos além de tornar-se um dos tratamentos mais tradicionais para redução de gordura localizada em clínicas de estética.

É um tratamento eficaz para a redução de pequenos depósitos de gordura localizada na região subcutânea logo abaixo da derme, na papada, abdômen, flancos nas costas, culotes nos quadris e região entre o bumbum e parte posterior da coxa. É indicado para indivíduos que possuem gordura localizada apesar de já terem uma rotina de atividades físicas e alimentação balanceada. Nesses casos, a chance de sucesso do tratamento é grande já que fatores que contribuem para o acúmulo de gordura como o sedentarismo e alimentação desequilibrada não estão presentes. Não é indicado para casos de obesidade e emagrecimento cujo tratamento mais adequado é o acompanhamento nutricional, inclusão de rotina de atividades físicas, e tratamento médico em casos que haja alguma disfunção no organismo causadora do quadro de obesidade.

O protocolo de tratamento consiste na injeção de enzimas lipolíticas uma vez por semana ou a cada quinze dias em uma ou mais áreas do corpo, sendo necessárias cerca de cinco a dez sessões dependendo do local e da quantidade de gordura.

Logo após o procedimento é comum e esperado leve edema (inchaço) na região tratada e por isso, esse local pode ficar mais sensível e dolorido, com alguns nódulos não visíveis mas palpáveis de tecido gorduroso que está sendo eliminado, além de hematomas (roxos) em alguns casos. O grau de edema, dor, nódulos e hematomas varia muito de um indivíduo para outro e pode até mesmo variar de uma sessão para outra no mesmo indivíduo. É importante ressaltar que são sinais normais e que fazem parte do processo sendo que desaparecem espontaneamente em cerca de quinze a trinta dias após a aplicação. A associação de sessões de drenagem linfática quatro dias após a aplicação é útil pois ajuda a eliminar mais rapidamente todos esses sinais.

O resultado do tratamento não é imediato e começará a ser percebido geralmente após a terceira sessão, aumentando à medida que mais sessões são feitas.  E após trinta a quarenta dias do término do tratamento o resultado final poderá ser observado depois que todo edema, nódulos e hematoma forem depurados.

O tratamento com Lipo Enzimática permite reduzir o volume de gordura na região tratada, mas não a elimina completamente já que isso não deve ser feito nem mesmo com procedimentos cirúrgicos como, por exemplo, a Lipoaspiração. É fundamental para o organismo por diversos fatores fisiológicos que haja células de gordura entre os músculos e a derme no chamado: tecido subcutâneo. E por isso, como sempre existirá um tecido gorduroso residual, essas células de gordura podem se dividir e aumentar de tamanho novamente caso o indivíduo engorde, pare de fazer atividades físicas e/ou tenha uma alimentação desequilibrada com excesso de gorduras, frituras e açúcares. Por isso, manter a rotina de atividades físicas e alimentação balanceada é importante para manter os resultados obtidos com o tratamento.

Referências:

  1. Kamalpour S, LeBlanc Jr. K. Injection Adipolysis: Mechanisms, Agents, and Future Directions. Journal of Clinical and Aesthetic Dermatology. 2016.
  2. Reeds DN et al. Metabolic and Structural Effects of Phosphatidylcholine and Deoxycholate Injections on Subcutaneous Fat: A Randomized, Controlled Trial.  Aesthetic Surgery Journal. 2013.
  3. Rotunda AM et al. Randomized double-blind clinical trial of subcutaneously injected deoxycholate versus a phosphatidylcholine-deoxycholate combination for the reduction of submental fat. Dermatol. Surg. 2009.
  4. Yagima Odo ME et al. Action of sodium deoxycholate on subcutaneous human tissue: local and systemic effects. Dermatol. Surg. 2007.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s